Wladimir lê script na tribuna para atacar judiciário e defender Rosinha e Garotinho

0

Só após soltura dos seus pais Garotinho e Rosinha da cadeia, Wladimir se pronuncia, mas por trás da imunidade parlamentar, que não alcança declarações feitas na tribuna

Lendo um script de várias páginas, o deputado Wladimir Barros Assed Matheus de Oliveira, vulgo Garotinho, estranhamente, apenas após a soltura dos seus pais Rosinha e Garotinho, presos por suspeita de superfaturamento de 62 milhões na construção das “casinhas” do projeto Morar Feliz, com suposto recebimento de 25 milhões em propinas da Odebrecht, decidiu se pronunciar escolhendo a tribuna da Câmara Federal, protegido pela imunidade parlamentar, para atacar o Ministério Público, a Justiça, e aqueles a quem considera desafetos do seu grupo político, repetindo o velho mantra de perseguição e conspiração amplamente utilizado por seus pais em todas as suas prisões, Rosinha por duas vezes e Garotinho quatro vezes.

Questões para Wladimir responder:

  • Ao contrário da sua irmã deputada Clarissa que, imediatamente, saiu em defesa dos seus pais, o senhor só se pronunciou após a soltura por ter sido orientado a não atrapalhar, ou por ter preferido manter distância dos seus pais presos para não comprometer ainda mais a sua própria imagem?

  • Por que o senhor ignorou todas as provas como se elas não existissem?

  • Foi por oportunismo que o senhor aproveitou a oportunidade para atacar aos que vê como seus adversários na disputa pela ambicionada Prefeitura de Campos?

  • O senhor utilizou a tribuna para desferir ataques ao judiciário por saber que a imunidade parlamentar não alcança declarações feitas fora da tribuna?

  • O senhor considera adequado para um deputado federal referir-se a agentes da lei e do judiciário como “canalhas” e acusar o judiciário de promover um “verdadeiro estupro do processo legal”?

  • O senhor repetiria todas as acusações que fez contra o judiciário e seus desafetos longe da imunidade parlamentar da tribuna?

Assista abaixo ao pronunciamento do Wladimir Barros Assed Matheus de Oliveira, vulgo Garotinho, feito na quarta-feira (4/9/19) na tribuna da Câmara Federal.

Espaço para as respostas de Wladimir

O Somos Online disponibiliza espaço para as respostas do senhor Wladimir, vulgo Garotinho, caso as tenha, tenha coragem, e queira responder.

NENHUM COMENTÁRIO