TSE nega recurso e deixa seis da Chequinho fora da Câmara

0

Em decisão unânime, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou os recursos de Thiago Virgílio, Linda Mara, Kellinho, Miguelito, Ozéias e Thiago Godoy. Os seis foram condenados a 08 anos de inelegibilidade e perda das funções públicas, em virtude da “Operação Chequinho”, da Polícia Federal, que desbaratou um ardiloso esquema de compra de votos pagos com dinheiro público, através do programa social Cheque Cidadão. Mas pode não ser este o último capítulo dessa novela. Ainda cabe o jus esperneandis (Direito de espernear), com recurso ao próprio TSE.

E tem mais…

Também como resultado da “Operação Chequinho”, os ex-vereadores Thiago Virgílio, Linda Mara, Kellinho, Miguelito, Ozéias e Thiago Godoy já têm em suas contas condenação penal, em 2ª instância de 5,4 anos de cadeia em regime semi-aberta, ainda não cumprida em razão de uma liminar monocrática de Lewandowiski (STF). (Leia mais AQUI)

NENHUM COMENTÁRIO