TSE bate martelo na chapa Wladimir/Frederico na quinta-feira

1

O destino administrativo de Campos será decidido pelo TSE na próxima quinta-feira (10) com o julgamento da chapa Wladimir Garotinho/Frederico Paes, que disputou as eleições sub judice, angariando o maior número de votos com margem apertada no 2º turno.

Novos prefeitos ou novas eleições?

Dias de angustia e muita tensão para Garotinho, Rosinha e Wladimir, que aguardam a decisão do TSE para tentar assumir as rédeas da prefeitura de Campos.

O colegiado do TSE vai decidir se faz cumprir ou não o que manda a le,i mantendo o indeferimento da candidatura do vice Frederico Paes por desincompatibilização tardia (fora do prazo legal), da direção do Hospital Plantadores de Cana (HPC), segundo os desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o que teria contaminado a legalidade da chapa, que figurou com votos anulados sub judice durante o pleito.

No entendimento dos desembargadores do TRE, o Hospital Plantadores de Cana, apesar de ser uma instituição filantrópica particular, se mantém com mais de 90% de recursos públicos, o que obrigaria seu diretor Frederico a deixar o cargo dentro do mesmo prazo previsto para um agente público.

O fato de Wladimir saber de antemão que a chapa estava impugnada e assumir o risco de concorrer sub judice poderá pesar na decisão do TSE.

Derrota de 5×1 e parecer contrário da PGE à chapa

Após os desembargadores terem indeferido por 5 votos a 1 a candidatura do empresário, a Procuradoria Geral Eleitoral (PGE), avalizando a decisão, no dia 21 de novembro deu parecer contrário à chapa.

Vizinhos da casinha da Lapa na torcida por uma derrota de Wladimir Garotinho no TSE

Após as desrespeitosas comemorações de uma eleição que ainda não terminou, os vizinhos da notória “casinha” da Lapa estão na torcida por uma decisão desfavorável à chapa Wladimir Garotinho/Frederico Paes.

O motivo é simples, mas plenamente justificado. Não querem mais passar pelo dissabor de ter uma multidão pulando, gritando, urinando, vomitando e até defecando nas portas das suas casas e nas calçadas do bairro, que foi o que se viu no dia 29 de novembro após a divulgação do resultado da votação.

Wladimir poupou a família e os seus reais vizinhos

Para evitar esses mesmos amargos dissabores à sua família e aos seus reais vizinhos, o candidato Wladimir Garotinho, que reside em um apartamento de alto luxo no caríssimo Edifício Diamond Tower, na Rua Voluntários da Pátria, transferiu as comemorações precoces para frente do imóvel vazio na Lapa, de propriedade dos seus pais Rosinha e Garotinho, que atualmente residem em apartamento de luxo no Rio. Assim, ele poupou a sua família e aos seus elegantes vizinhos do tumulto, do barulho ensurdecedor, das degradantes cenas, da imundície e do forte odor de urina deixados pela multidão descontrolada, no local inadequado e sem estrutura. Um bom exemplo do poderá vir por aí…

1 COMENTÁRIO

  1. Cada POVO tem o governo que merece. No caso de Campos os garotinhos conquistam os mais pobres (a maioria) com mirabolantes promessas que nunca vão cumprir. Triste!