TJD libera estádio do Goytacaz para as torcidas no clássico Goyta-Cano

0

As torcidas do Goytacaz e do Americano já podem respirar aliviadas. Marcelo Jucá, Presidente TJD/RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Estado do Rio de Janeiro), deferiu o pedido de Liminar do Goytacaz Futebol Clube para entrada das torcidas no Estádio Ary de Oliveira e Souza para assistir ao clássico de amanhã entre o Goytacaz e o Americano, os principais times de Campos, com a concordância do Poder Público com o requerente no sentido de que cessem as medidas impostas, como proibição da presença das torcidas, como punição pela confusão ocorrida no jogo de estréia entre o Goytacaz e o Nova Iguaçu.

Entenda o caso

Em decisão liminar, o presidente do Tribunal, Dr. Marcelo Jucá, atendendo ao pedido da Procuradoria, determinou que o Estádio Jânio de Moraes, do Nova Iguaçu, fosse interditado e a torcida do Goytacaz proibida de frequentar os jogos do clube, tanto como mandante, quanto como visitante.

A medida foi tomada após confusão na partida de estreia da Fase Preliminar do Campeonato Carioca onde houve tentativa de invasão, intimidação e tiros de arma de fogo.

Nova Iguaçu e Goytacaz estrearam no sábado (22) na Fase Preliminar do Campeonato Carioca de 2019 e a vitória por 2 a 1 do time da Baixada Fluminense foi marcada por uma confusão que teve origem na discussão entre a torcida do Goytacaz e o goleiro do próprio clube, Paulo Henrique.

Após o término da partida, torcedores da equipe de Campos tentaram tirar satisfações com o goleiro no vestiário, que fica próximo da saída das arquibancadas. No meio da confusão foram ouvidos tiros de arma de fogo que teriam sido disparados pela segurança particular do Nova Iguaçu.

(Elise Duque/Assessoria TJD-RJ)

Veja abaixo a decisão na íntegra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO