Hacker exige 15 mil US$ de Secretário de Desenvolvimento Victor Aquino por fotos íntimas

0

O arquiteto Victor Aquino, Secretário de Municipal de Desenvolvimento Econômico de Campos, teve a sua conta do Mensager invadida por um “hacker” que roubou fotos íntimas suas e tentou chantageá-lo, ameaçando enviá-las para todos os seus contatos do Facebook, caso não pagasse 15 mil dólares. Mas o marginal mexeu com a pessoa errada. Victor não cedeu, tornou pública a tentativa de chantagem e alertou a DRCI-Delegacia de Repressão a Crimes de Informática que já está investigando o caso.

victor-alerta

Vítima quer investigação rigorosa

Segundo o sempre bem humorado Victor Aquino, as fotos íntimas não são assim nada demais, talvez até de menos… Apenas nu frontal explícito de um apaixonado. Coisas de amor para consumo interno…

Mas a tentativa de chantagem deverá ser investigada para que se apure a identidade de quem está por trás do perfil fake do Facebook, inclusive utilizando traços de linguagem que podem ser uma tentativa de disfarçar a autoria como se fosse de um estrangeiro.

Pints da tentativa de chantagem

victor-print-3-x

victor-print-1

Para relembrar

Mas o arquiteto campista não está sozinho no rol das vítimas desse tipo de chantagem. Em 2012 Carolina Dieckmann foi chantageada durante um mês, por uma pessoa exigiu por e-mail que ela pagasse uma quantia de R$ 10 mil para que as fotos não fossem divulgadas. Ela se recusou a pagar e denunciou o caso.
As fotos foram postadas na sexta-feira (4/5/2012) à tarde na internet e logo pararam em sites de notícias e nas páginas de alguns jornais populares.

“Lei Carolina Dieckmann”

O rumoroso caso levou a criação da Lei 12.737/2012 sobre crimes na internet, apelidada de “Lei Carolina Dieckmann”, que alterou o Código Penal para tipificar como infrações uma série de condutas no ambiente digital, principalmente em relação à invasão de computadores, além de estabelecer punições específicas, algo inédito até então.

NENHUM COMENTÁRIO