Reunião de Gabinete de Crise mostra que crise de gestão é tão grave quanto a de Saúde

0

Secretário de Saúde de fato, assessorado por prefeito de fato na ausência do prefeito de direito

Nessa sexta-feira, o secretário de Saúde de fato de Campos Dr. Paulo Hirano dominou completamente a live da reunião do Gabinete de Crise com foco no lockdow e providências a serem tomadas pelo governo municipal. O prefeito de fato Frederico Paes assessorou o secretário de fato durante o encontro, pois o prefeito oficial Wladimir Garotinho se atrasou posando para fotos no aeroporto e saiu da reunião antes do final.

Wladimir se atrasou para reunião do Gabinete de Crise para ficar bem nas fotos carregando o novo lote de vacinas, como se não houvesse funcionário da prefeitura realizar esse trabalho. Na foto com o Dr. Paulo Hirano, secretário de Saúde de fato

Wladimir Garotinho só abriu a boca para chamar comerciantes de baderneiros

Para não dizer que entrou mudo e saiu calado da reunião do Gabinete de Crise, Wladimir, o prefeito oficial de Campos, mostrando que é mesmo um Garotinho, só abriu a boca para dizer que não dialogaria com “baderneiros”, ou seja, os comerciantes que apenas exerceram o seu direito constitucional de protestar pacificamente, liderados por entidades de classe.

Mais vacinas. Torçam para não ter novo lockdown de vacinação por conta de feriados…

Nessa sexta-feira, o governo do estado enviou mais 11.500 doses de vacina para Campos e também outra remessa do “kit intubação”, com medicamentos fundamentais para o tratamento de pacientes internados em estado grave em UTI. Resta saber se o prefeito oficial de Campos não vai atrapalha o programa de vacinação suspendendo o trabalho para aproveitar algum feriadão, a exemplo da Semana Santa, quando milhares de campistas deixaram de ser vacinados, mesmo com a prefeitura tendo em estoque de mais de 27 mil doses de vacina… Mesmo assim, nessa sexta, Wladimir demagogicamente disparou a fake frase: “Continuamos a nossa luta de salvar vidas e vacinando a nossa população de forma ininterrupta”

Muito foi dito, nada foi decidido

Na reunião dessa sexta-feira do Gabinete de Crise da Prefeitura Municipal de Campos, muito foi dito, mas nada de concreto foi decidido. As “autoridades” municipais bateram cabeça , perdidas entre a inexperiência e a demagogia barata do prefeito Garotinho, e a incapacidade de dar respostas à altura das que o município precisa. Os comerciantes campistas saíram do mesmo jeito que entraram: insatisfeitos e sem repostas. Essa reunião do Gabinete de Crise mostrou claramente que a crise em Campos não é só de Saúde, mas também de gestão. E é grave…

NENHUM COMENTÁRIO