Prefeita de Quissamã e equipe de Saúde comemoram zero internações por Covid-19

0

Após as três altas de pacientes, no último domingo (10), pela primeira vez, em um ano e sete meses, o município de Quissamã zerou o número de internações, tanto na enfermaria quanto na UTI destinadas ao atendimento da Covid-19. Além de 0% dos leitos ocupados, município completou, também, as primeiras 24 horas com nenhum novo confirmado, embora haja suspeitos, o que foi motivo de comemoração por parte da administração municipal, especialmente pela equipe da Secretaria de Saúde.

Trabalho & vacinação

Os números positivos são reflexo da vacinação em massa, mas também do engajamento das diversas secretarias municipais e servidores, principalmente das equipes de saúde do Município, incansáveis no enfrentamento da pandemia. Além disso, o entendimento da população quanto aos cuidados para se evitar o contágio, foram fundamentais. Embora o Coronavírus e a pandemia ainda sejam realidade e não haja possibilidade de relaxar com os cuidados, zerar o número de internações é um marco.

A notícia chegou nesta segunda-feira (11), no final da manhã: às 16h50 de domingo (10), Graciela Manhães, de 38 anos, foi a última das três pacientes que estavam internadas, no início do dia, a receber alta. Antes dela, Geralda Pereira, 87 anos, às 12h30, e Magali Alves, 68, às 16h15, haviam recebido alta, juntamente com Maria da Penha Silva, 74, que tinha sido transferida para a clínica médica.

Prefeita comemora

A prefeita Fátima Pacheco classificou a notícia como uma grande vitória: “após um ano e sete meses a gente comemora uma grande vitória, que é não ter nenhuma pessoa internada no nosso hospital. É uma vitória do nossos sistema de saúde, uma vitória de todos nós, uma prova que é a vacina que salva. Esse é o resultado da vacinação e do empenho de todos os nossos profissionais de Saúde, e de toda a Prefeitura. Desde o início da pandemia a gente trabalhou para poder garantir saúde de qualidade para a população, preservar a vida e a saúde das pessoas. Passamos o período mais grave da pandemia sem deixar faltar nada e continuaremos investindo, para termos uma saúde de referência em nossa Cidade”, assegurou a prefeita.

Equipe de Saúde se emociona

Enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, Niara Ribeiro disse que a equipe ficou emocionada, quando foram zeradas as internações, ressaltando que apesar do panorama favorável e do otimismo, ainda não se pode relaxar com relação às medidas de prevenção: “as pessoas não podem relaxar com os cuidados, mas hoje é um dia para celebrarmos”, disse ela.

Assim como a prefeita Fátima Pacheco, a secretária de Saúde, Renata Fagundes, ressaltou a atuação da equipe, incansável no trabalho, 24 horas por dia: “me sinto feliz em transmitir essa notícia! Saber que fomos imbatíveis contra esse vírus, noticiar a UTI e a Clínica de combate à Covid-19 zeradas, não tem preço. Tem um valor imensurável de sensação de dever cumprido”, comemorou.

Vitória da dedicação

Com a pandemia ainda sendo uma ameaça e a possibilidade de novos casos não afastada completamente, o coordenador técnico do Centro de Saúde e médico da Vigilância Epidemiológica, Roberto Nascimento Lopes Filho, considerou o momento “uma grande prova para todos os profissionais de saúde e para a sociedade”. Ele aproveitou para destacar a importância do SUS e as condições de trabalho, no município de Quissamã:

– Estamos lidando com uma crise que nunca imaginamos que poderíamos vivenciar e estamos nos saindo bem. Nosso trunfo foi ter o sistema que construímos com dedicação e competência e contar, ao contrário do que acontece nesse desgoverno federal, com um governo municipal que é nosso grande aliado, nos apoiando e fazendo o possível para termos os recursos necessários para evitar o caos. Então temos que agradecer por essa oportunidade de reforçar nossas convicções, mostrar que sabemos o que fazer quando postos à prova e que teremos sempre que defender o que conquistamos, porque disso depende a vida de muitas pessoas que precisam que lutemos por elas, afirmou ele.

NENHUM COMENTÁRIO