Projeto que já beneficiou mais de 7 mil jovens com esportes abre inscrições nessa quarta

0

Com o objetivo de promover através do esporte a socialização, integração, e os valores éticos junto a crianças e adolescentes, O projeto Estrela do Amanhã, do Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora, nessa quarta-feira (11/3) abre inscrições para novas turmas, oferecendo 300 vagas gratuitas para as modalidades de ginástica olímpica e acrobática, arte circense, vôlei, futsal e balé.

Foco em alunos da rede pública

As atividades são voltadas para alunos matriculados na rede pública de ensino, que tenham entre 7 e 16 anos. Os interessados deverão se inscrever no Ginásio de Esportes do Censa até dia 26 de março, das 9h às 15h, acompanhados de um responsável. No ato de matrícula, serão exigidos os seguintes documentos: cópia da certidão de nascimento, RG e CPF dos responsáveis, comprovante de residência, comprovante de renda dos responsáveis, além de original da declaração escolar de matrícula, atestado médico e duas fotos 3×4.

24 anos de atividades, 7 mil jovens beneficiados

O projeto iniciou suas atividades há 24 anos e já beneficiou mais de 7 mil jovens. Inclusive, em 2010, um grupo de ginástica artística do projeto se apresentou na abertura dos Jogos Panamericanos, ao lado de 2 mil atletas.

Mudança de vida

Hoje professor de ginástica olímpica do Estrela do Amanhã, Uelinton Vasconcelos começou sua carreira no esporte como aluno do projeto, em 2010. Formado em Educação Física pelos Institutos Superiores de Ensino do Censa (Isecensa), instituição que pertence à mesma mantenedora da escola, ele explica a importância da iniciativa, como um divisor de águas para uma vida mais saudável e prazerosa.

“Eu nasci com uma deficiência na hipófise e iniciei o meu tratamento logo com 3 anos de idade. Como eu não produzia hormônio do crescimento GH, não conseguia ter um desenvolvimento físico normal e também não tinha uma boa produção de cálcio, o que me levou a ter algumas fraturas. O único esporte indicado para mim era a natação, que pratiquei durante anos. Até que entrei para o projeto Estrela do Amanhã, nas modalidades de ginástica e arte circense, que me fizeram esse resgate e, assim, consegui finalizar o tratamento e ficar totalmente saudável”, informou Uelinton.

Ao longo de sua trajetória, o ginasta participou de diversas apresentações e competições, alcançando o segundo lugar em um torneio estadual que aconteceu em Barra do Piraí, no ano de 2015. “Sou muito grato ao Estrela do Amanhã, a todos os professores e a toda a instituição, por terem me acolhido e por me abrirem tantas portas. Tenho orgulho de todas as conquistas, e por hoje estar integrando essa família, fazendo com que outros alunos tenham as mesmas oportunidades que eu tive”, ressaltou.

NENHUM COMENTÁRIO