Novamente decisão sobre prisão de Garotinho e Rosinha cai para Gilmar Mendes no STF

0

Após bater com a cara na porta do STJ que negou habeas corpus, nessa quinta-feira (31) a defesa de Garotinho e Rosinha recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) como havia prometido. O pedido já foi distribuído, cabendo ao ministro Gilmar Mendes analisar o pedido de habeas corpus do casal. A decisão poderá ser proferida ainda hoje.

Em 2017, Gilmar concedeu habeas corpus a Garotinho atropelando relator

Por Editoria –

20 de dezembro de 2017

Notório por mandar soltar presos, o ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, plantonista no recesso parlamentar, fez jus a sua fama, atropelou o ministro relator da Caixa D’Água, Jorge Mussi, e decidiu monocraticamente conceder a liberdade a Garotinho:

Ante o exposto, defiro o pedido de medida liminar para suspender o decreto de prisão preventiva expedido contra o ora paciente nos autos da Ação Penal nº 12-81/RJ, que tramita na 98ª Zona Eleitoral de Campos dos Goytacazes/RJ.

Comunique-se e cumpra-se, com urgência.”

Brasília, 20 de dezembro de 2017.

AQUI

Veja abaixo:

NENHUM COMENTÁRIO