Lula depôs a Moro com apoio do milionário advogado de Garotinho. Confira no vídeo

0
Lula em seu depoimento, ao fundo o milionário advogado de Garotinho, Fernando Fernandes

Cinco horas

Durante cinco horas, o ex-presidente teve que se explicar ao juiz Sérgio Moro sobre o triplex de 3,7 milhões de reais no Guarujá que, de acordo com denúncia da força-tarefa da Operação Java Jato, teria sido ofertado a ele pela empreiteira OAS como parte do pagamento de propinas devido ao PT referente a três contratos obtidos pela empreiteira junto à Petrobras.

Neste processo, o petista já é réu em outros quatro casos. Ele responderá pelos crimes de corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro.

Ainda nesse processo, Lula também é julgado pelo recebimento de vantagens indevidas por parte da construtora, que teria arcado com os custos do transporte e armazenamento de seu acervo presidencial.

O ex-presidente da OAS Léo Pinheiro também teria afirmado em seu depoimento que o ex-presidente pediu, em 2014, que ele destruísse as provas que pudessem incriminá-lo.

Depoimento aproxima hora da sentença

Lula depôs a Moro com apoio do milionário advogado de Garotinho, Fernando Fernandes. O careca ao fundo. Confira no vídeo. Se os seu honorários já eram estratosféricos, agora ainda vão aumentar mais. Mas isso não deve ser problema para o campista.

O depoimento de Lula foi o mais longo, até agora, da Lava Jato e leva o processo para a sua fase final. De agora em diante o MPF e as defesas ainda poderão pedir as diligências finais. Após esse período deverão apresentar as suas últimas alegações ao juiz. Após o retorno dos autos às mãos de Moro, chegará a hora da sentença e os réus poderão ser absolvidos ou condenados.

Oito ou oitenta

No caso de Lula, se for absolvido poderá concorrer a presidência na próxima eleição, mas se for condenado deverá ser preso.

Mordomia

Mantendo a forte tradição petista de usufruir das mordomias dos “amigos”, o ex-presidente Lula viajou para o seu depoimento em Curitiba no conforto do jatinho particular do seu ex-ministro Walfrido Mares da Guia, envolvido no mensalão mineiro.

Foices e Facões

Com o depoimento de Lula, a civilizada cidade de Curitiba se tornou palco e alvo para militantes de todo o país e até de fora dele, como um ônibus de bolivianos. Para complicar essa equação, ao revistar um dos 192 ônibus que se dirigiram a capital do Paraná, a Polícia Rodoviária encontrou foices e facões com integrantes de movimentos sociais.

A cidade serviu de cenário para manifestações pró e contra Lula, mas até o fechamento dessa matéria não havia casos de confrontos, quebra quebras ou as costumeiras badernas.

O que é fácil de se entender diante do forte esquema de segurança, com 1.7 mil policiais militares para garantir a ordem no entorno das instalações da Justiça Federal e nos pontos de maior concentração de manifestantes.

Dilma & Manifestação

Após o longo depoimento, o ex-presidente Lula saiu em uma comitiva de quatro carros escoltados por batedores da Polícia Milita, em direção ao hotel, onde se encontrou co a ex-presidente Dilma, mudou de roupa e foi à manifestação na praça colher os louros que lhe restaram para exibi-los  nos vídeos de uma eventual futura campanha presidencial, que a cada dia parece estar mais distante de Lula. Sem muito o que falar, seu discurso durou apenas 20 minutos.

NENHUM COMENTÁRIO