Iabas diz que só entregará 50% dos leitos de UTI dos hospitais de campanha com respirador

0

Desculpa esfarrapada

Após denúncias de superfaturamento, agora a Iabas Organização Social que administra os hospitais de campanha do estado em Campos, Casimiro de Abreu Maracanã, São Gonçalo, Duque de Caxias, e Nova Iguaçu, diz que só entregar metade dos leitos prometidos com respirador, utilizando como desculpa uma resolução da Anvisa, de 10 anos atrás, quando nem se imaginava esse pandemia mundial.

Os respiradores são fundamentais no tratamento dos pacientes graves de Covid-19.

R$ 770 milhões no fogo

Esses seis hospitais de campanha do governo estadual, envoltos em denúncias de fraudes, custaram absurdos R$ 770 milhões aos cofres públicos.

NENHUM COMENTÁRIO