Extinta Ação que pedia cassação de Rafael. Falha promessa de Garotinho a ex-boquinhas

0
Promessas de Garotinho desmoronam com sucessão de derrotas

Lembra a tal cassação de Rafael Diniz que Garotinho vivia prometendo para os ex-boquinhas e correligionários para manter a facção unida?

Pois é, hoje o juiz Eron Simas julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que, sem ter mais o que fazer, a Coligação Frente Popular Progressista de Campos, Thiago Virgílio Teixeira de Souza e Luis Eduardo Crespo, havia proposto para mostrar serviço ao chefe e incomodar desafetos, alegando abuso econômico de Rafael Diniz, de Conceição Sant’Anna e dos demais investigados: os diretores da Folha da Manhã Diva Abreu Barbosa, Aluysio Abreu Barbosa e Christiano Abreu Barbosa, além do presidente do grupo Imne Hebert Sidney Neves.

O juiz entendeu que não houve o suposto crime apontado e declarou extinto o processo.

NENHUM COMENTÁRIO