Garotinho e Rosinha presos: do apartamento de luxo para cela em Benfica

0

Garotinho e Rosinha presos durante o cumprimento de cinco mandados de prisão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Campos dos Goytacazes, no âmbito da Operação Secretum Domus.

Garotinho sendo preso pela quarta vez nessa terça-feira (3/9)

No início dessa manhã de terça-feira (03/9), Garotinho e a ex-prefeita de Campos Rosinha acordaram com a polícia e representantes do Ministério Público Estadual na porta do seu luxuoso apartamento do Flamengo, para cumprir mandados de prisão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Campos, acusados de terem desviado R$ 62 milhões em recursos públicos, segundo o MP, através de contratos celebrados com a Odebrecht para construção das “casinhas” do projeto “Morar Feliz”,durante a gestão da ex-prefeita em Campos. Segundo o MPRJ, houve escolha ilícita da Odebrecht para realização do empreendimento.

Em 25 de abril de 2010 o Somos denunciou irregularidades

Superfaturamento milionário gerou prejuízo de 62 milhões aos cofres públicos de Campos

Segundo o Ministério Público Estadual, em outubro de 2009, foi assinado um contrato entre o município de Campos e a Odebrecht, referente ao “Morar Feliz I”, para construção de 5.100 “casinhas”, com a previsão inicial do pagamento de R$ 357.497.893,43, posteriormente generosamente aditivado.

Mas a coisa não parou por aí. Em fevereiro de 2013 foi assinado um novo contrato, dessa vez referente ao “Morar Feliz II”, para construção de mais 4.574 “casinhas”, no valor de R$ 476.519.379,3.

25 milhões em propinas

Após estudos técnicos o MP constatou um superfaturamento na ordem de R$ 29.197.561,07 nos contratos relacionados ao “Morar Feliz I” e de mais R$ 33.368.648,18 no “Morar Feliz II”. Totalizando um prejuízo total de R$ 62 milhões aos cofres públicos municipais de Campos dos Goytacazes. O que teria gerado, segundo o MP, o recebimento de R$ 25 milhões em propinas pagas pela Odebrecht.

Além do casal Garotinho e Rosinha, mais três pessoas foram alvo de mandatos de prisão da Operação Secretum Domus:

Ângelo Alvarenga Cardoso Gomes

Gabriela Trindade Quintanilha

Sérgio dos Santos Barcelos

É a quarta vez que Garotinho é preso, e a segunda vez que Rosinha é presa

Delação da Odebrecht

Publicado no Somos

A explicação da “Bondade” de Rosinha e Garotinho com a Odebrecht

O Superintendente da Odebrecht no Rio de Janeiro, Leandro Azevedo, que assinou o bilionário contrato das “Casinhas” com Rosinha, delatou na Laja Jato que fez pagamentos milionários a Rosinha e Garotinho (PR), repetindo o que já havia sido dito pelo delator Benedicto Júnior, chefe Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, mas Leandro foi ainda mais adiante afirmando que os valores chegaram a 20 milhões de reais

Distribuídos por três eleições: duas de Rosinha à Prefeitura de Campos, em 2008 e 2012; e uma de Garotinho ao Governo do Estado, em 2014. Veja abaixo alguns trechos do depoimento:

 Leandro Azevedo Superintendente da Odebrecht no Rio de Janeiro

…”Havia tido uma reunião com o ex-governador Anthony Garotinho e nessa reunião o ex-governador havia pedido uma contribuição eleitoral para a candidatura de Rosinha Garotinho que seria candidata a prefeita de Campos. O Benedicto Júnior, então, fechou acordou com ele o valor da doação que a Odebrecht ia fazer. Eu me lembro que era mais ou menos em torno de R$ 5 milhões, que esse valor seria pago através de caixa dois. Dinheiro não contabilizado…”

 …”Em 2014, ele foi candidato a governador e eu já era diretor-superintendente. O Benedicto Júnior me chamou mais uma vez para uma conversa…”

 … “O Benedicto Júnior aceitou a combinação de valores de campanha. Foi em torno de R$ 10 milhões para a campanha de governador…”.

 … “Um dos primeiros editais que ela homologou logo depois da eleição foi um edital para a construção de 5.100 casas populares. No valor mais ou menos de R$ 357 milhões. Isso chamou minha atenção porque casas populares geralmente você vê no mercado sendo construídas em vários lotes e aqui foi feito em lote único e a esse valor. Isso fazia com que as empresas pequenas não tivessem condições de participar”…

 …“Em 2012, a prefeita Rosinha foi reeleita e ela lançou um segundo programa chamado ‘Morar feliz 2’. Foi uma nova licitação. Nessa licitação nós participamos sozinhos, sem ninguém. Se a Odebrecht não tivesse participado, ia dar vazio. Eu fiz o ‘Morar feliz 1’. A gente tinha uma equipe mobilizada, tinha uma expertise em construir casas. Então, ela lançando um projeto desses, é óbvio que eu ia participar do ‘Morar feliz 2’. O valor foi um pouco maior, foi R$ 476 milhões”…

Benedicto Júnior, ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura

…”No período que eu fui diretor superintendente da Odebrecht no Rio de Janeiro eu construí uma relação pessoal com o governador Anthony Garotinho que eu mantive nos últimos quatro anos, o que permitia que ele tivesse acesso a mim direto, o que permitia durante os períodos eleitorais fazer pedidos de doação para seu grupo político. Grupo político que ele se identifica através da própria Rosinha e dos candidatos federais que ele apóia”…

 … “Então, especificamente no ano de 2008, o governador me procurou, fui a reunião pedida por ele no escritório dele na Conde Lages, aonde ele me fez um pedido e a gente fez uma doação para a campanha da dona Rosinha de R$1 milhão, que foi feito de forma via caixa dois no Sistema de Operações Estruturadas da Odebrecht e pagos diretamente as pessoas indicadas pelo Dr. Garotinho”…

 “Houve outros pagamentos. Ainda no âmbito de campanha principal, na campanha de 2012. Ele fez um pedido, nós fizemos uma doação nova de recursos de caixa dois de forma ilícita de 2,3 milhões de reais para campanha de releição da dona Rosinha Garotinho. Em 2010, para sua campanha de deputado federal de R$ 1,2 milhões também de Caixa Dois vindo do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht. E na sua última campanha, que foi a campanha dele para governador em 2014, nós fizemos uma doação de 7,5 milhões para a campanha dele via Caixa Dois”…

Em 09 de julho de 2017 o Somos Online denunciou o todo esquema. Confiram no link abaixo:

https://somosassim.com.br/portal/propinas-a-rosinha-e-garotinho/

NENHUM COMENTÁRIO