Garotinho diz que não há nada contra ele e Rosinha. Delações dizem que receberam 9,5 milhões

0
Delações dizem que Garotinho e Rosinha receberam 9,5 milhões

Diante das revelações da lista de Fachin, onde Garotinho e Rosinha figuram na Petição 6730 determinando que ao Tribunal Regional Federal do /RJ investigue as citações nas delações da Odebrecht, jê que eles não têm prerrogativa de foro privilegiado no STF, o ex-co-prefeito de Campos Garotinho, como sempre divulgando as suas versões do fato, e ainda aproveitando para atacar adversários, declarou:

Ao contrário do que afirmou a imprensa comprada de Campos nem eu nem Rosinha tivemos qualquer pedido de inquérito pelo STJ OU STF. O Ministro Edson Fachin enviou uma citação aos nossos nomes ao Tribunal Regional Federal do Rio e antes de abrir qualquer providência vai avaliar se a fala tem consistência. Nesse momento nem eu nem Rosinha estamos denunciados e nem sequer com pedido de abertura de inquérito. Não há nada e não tememos nada. Isso para a tristeza dos que apostavam na nossa destruição. Essa é verdade. Quem está denunciado é Roberto Freire presidente do partido de Rafael Diniz.”.

Delações contradizem

Mas as delações dos ex-executivos da Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva Júnior e Leandro de Andrade Azevedo contradizem totalmente o que afirma Garotinho e deixam a ele e Rosinha em sérios apuros. Confira abaixo:

Ajeitando…

Leandro de Andrade Azevedo com Rosinha Garotinho. Ao lado Benedicto Barbosa da Silva Júnior
Leandro de Andrade Azevedo com Rosinha Garotinho. Ao lado Benedicto Barbosa da Silva Júnior

Segundo as delações premiadas dos ex-executivos da Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva Júnior e Leandro de Andrade Azevedo, Garotinho recebeu dinheiro de caixa dois da empresa para a sua campanha de governador em 2014.

Leandro Azevedo ainda afirma que Garotinho e Rosinha receberam R$ 9,5 milhões em três eleições e que cultivava uma relação bem próxima a Garotinho, que, assim negociava sem burocracia: “Presenciei, algumas vezes, Garotinho telefonando para os secretários da Fazenda do Município durante a gestão de Rosinha em Campos (…) e pedindo que tivéssemos preferência na regularização dos pagamentos em atraso”.

Rosinha também

Os delatores ainda disseram que Rosinha recebeu recursos de caixa dois para as campanhas à Prefeitura de Campos dos Goytacazes (RJ) em 2008 e 2012.

 Agora a questão está entregue ao Tribunal Regional Federal do /RJ

NENHUM COMENTÁRIO