Campos tem a 3ª maior nota do país em Acesso à Informação pela CGU

0

Na avaliação geral feita pela Controladoria Geral da União, o município saltou 761 posições e lidera o ranking do interior do Estado do Rio.
Campos deu mais um importante passo para se tornar referência nacional em transparência. Depois do resultado da avaliação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), através do iTAI (Indicador de Transparência e Acesso à Informação), Campos acaba de se destacar também no ranking nacional de Estados e Municípios do Escala Brasil Transparente, registrando a terceira melhor nota do país pelo Serviço de Informação ao Cidadão (SIC). O programa do governo federal, realizado pela Controladoria Geral da União (CGU), avalia a transparência e acesso à informação de todos os Estados e municípios brasileiros acima de 50.000 habitantes.

De nota 3,33 em 2016, a 9,7 em 2018

Na 3ª avaliação do Escala Brasil Transparente, realizada em 2016, Campos obteve a nota 3,33. O novo resultado – divulgado nesta quarta-feira (12), durante evento de comemoração do Dia Mundial de Combate à Corrupção, na sede do Ministério Público Estadual, no Rio de Janeiro – Campos recebeu a nota 9,7 na escala de 0 a 10 pelo SIC. Com isso, saltou 761 posições no ranking dos municípios avaliados e se consolidou como um dos melhores municípios do Estado na nota geral, estando entre os 10 melhores. Estiveram presentes à cerimônia, a secretária da Transparência e Controle, Marcilene Daflon, e o subsecretário adjunto, Fernando Antonio Loureiro.

– Recebemos com extrema alegria e satisfação, em evento oficial da Controladoria Geral da União, com a presença de grandes autoridades do Ministério Público Estadual e Federal, o 1º resultado do Escala Brasil Transparente na gestão do Prefeito Rafael Diniz. Quando assumimos em janeiro de 2017, amargávamos posições e notas inaceitáveis para um município com o porte e a importância que Campos tem para o país. Com muita dedicação e competência de toda a equipe e com a total autonomia dada pelo prefeito, por entender a relevância da transparência para a eficiência da gestão municipal e do combate às velhas práticas, hoje nos sentimos orgulhosos dos resultados alcançados e conscientes da relevância da Secretaria da Transparência e Controle na construção de um legado de transparência e controle social para a gestão da nossa cidade – comenta o subsecretário Fernando Antonio Loureiro.

Em agosto deste ano, Campos também apareceu em destaque no relatório de auditoria governamental realizado pelo TCE-RJ. Na ocasião, Campos, que era um dos 10 piores do Estado em transparência, tornou-se um dos cinco melhores – e o segundo do ranking no interior fluminense. A avaliação foi realizada entre outubro de 2017 e março de 2018.

– Este reconhecimento se deve a diversas ações realizadas pelo governo Rafael Diniz para facilitar o acesso da população às informações da Prefeitura de Campos; em destaque, a publicação da regulamentação do acesso à informação, a implementação do e-SIC e o novo Portal da Transparência, lançado pelo prefeito em junho de 2017, que apresenta informações detalhadas sobre os gastos públicos e investimentos de toda a gestão municipal, com linguagem clara e de fácil acesso ao cidadão. Além disso, implementamos diversos dispositivos inovadores, como acessibilidade, atualização em tempo real, manual de navegação, dados abertos e responsividade para acesso em qualquer aparelho. O governo também aprimorou o trabalho das Ouvidorias e, pela primeira vez na história do município, adotou o Orçamento Participativo, que permite ao cidadão sugerir ações e projetos, participando das decisões do governo – complementa a secretária Marcilene Daflon.

NENHUM COMENTÁRIO