Prefeitura de Campos e Uenf realizam ações de prevenção e controle do HIV

0

Em 1987, a ONU criou esta campanha e, em 1991, a fitinha vermelha surgiu com artistas de Nova York, para lembrar a luta contra a AIDS e transmitir compreensão, solidariedade e apoio aos portadores do vírus HIV. No Brasil, o projeto foi adotado em 1988, pelo Ministério da Saúde. A partir do momento que temos consciência sobre a doença, ou seja, formas de contágio, cuidados a serem tomados e formas de tratamento, passamos a nos cuidar mais. Em casos de dúvidas, devemos procurar ajuda, o mais rápido possível, uma vez que hoje o portador do HIV pode ter uma boa qualidade de vida.”

Nesta segunda-feira (2), a Prefeitura de Campos, através da Secretaria Municipal de Saúde, deu início à Campanha Dezembro Vermelho, voltada à prevenção e controle do vírus HIV, AIDS e outras infecções sexualmente transmissíveis (IST). A intensificação segue até 27 de dezembro, com a inauguração do projeto “Promovendo a Saúde pelas ondas de rádio”, no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA).

Até as 18h desta segunda, equipes do Centro de Doenças Infecto Contagiosas (Cdip), através do Programa DST/Aids e Hepatites Virais, e da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf), realizaram ação em grupo, com dinâmica e distribuição de preservativo, oficina de perguntas e respostas, aconselhamento sobre doenças, além de testagem rápida, na universidade. Nesta terça (3), diversas atividades em diferentes locais e horários serão realizadas em celebração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids. Confira AQUI a programação completa.

A assistente social do Cdip e da Uenf, Maria Helena Barbosa, explica que a ação na universidade, além de informar os alunos sobre prevenção das doenças sexualmente transmissíveis, ajuda a torná-los multiplicadores de informação.

Equipes do Centro de Doenças Infecto Contagiosas (Cdip), através do Programa DST/Aids e Hepatites Virais, e Uenf) realizaram ação em grupo, com dinâmica e distribuição de preservativo

— Estamos intensificando as ações de um programa que já existe em parceria de professores e alunos bolsistas e Cdip. Acabamos formando multiplicadores. Importante ressaltar que os alunos estão se interessando e, somente hoje (segunda) pela manhã, fizemos 12 testagens. Também estamos orientando as pessoas a buscarem o CDIP e Unidades Básicas de Saúde (UBS) caso queiram realizar o teste em outra data — disse Maria Helena Barbosa.

Programação – Nesta terça-feira (3), em celebração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, comemorado em 1º de dezembro, ações acontecerão em diferentes locais e horários. No Centro de Testagem e Aconselhamento, entre 9h e 18h, haverá diálogo em grupo, junto aos pacientes em tratamento e seus familiares, oferta de testagem rápida, além de aconselhamento sobre as doenças.

Nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Centros de Referência, entre 9h e 16h: ação dialogada grupal, testagem rápida e aconselhamento. No Mercado Municipal e na Rodoviária Roberto Silveira, profissionais do Centro de Testagem e Aconselhamento , em conjunto de acadêmicos da Universidade Estácio de Sá, Universidade Federal Fluminense (UFF), Instituto Federal Fluminense (IFF), Instituto Politécnico de Ensino (IPE) e UENF, realizarão panfletagem dialogada, além de encaminhamentos para testagem rápida e aconselhamento no Centro de Testagem e Aconselhamento.

Por: Leonardo Pedrosa – Foto: Jean Barreto

NENHUM COMENTÁRIO