Águas do Paraíba antecipou o Dia Mundial da Água anunciando 70 milhões em investimentos

0

O Dia Mundial da Água, comemorado anualmente em 22 de março, foi criado com o objetivo de alertar a população internacional sobre a importância da preservação da água para a sobrevivência de todos os ecossistemas do planeta.

Para isso, todos os anos o Dia Mundial da Água aborda um tema específico sobre este mineral de extrema e absoluta importância para a existência da vida.

A conscientização sobre a urgência da economia deste recurso natural e como utilizado com cuidado é uma das principais metas do Dia da Água.

A água limpa e potável é um direito humano garantido por lei desde 2010, de acordo com a Organização das Nações Unidas – ONU.

Mesmo o planeta Terra sendo constituído aproximadamente 70% de água, apenas 0,7% de toda a água do mundo é potável, ou seja, adequada para o consumo humano.

Origem do Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas – ONU, através da resolução A/RES/47/193 de 21 de fevereiro de 1993, determinando que o dia 22 de março seria a data oficial para comemorar e realizar atividades de reflexão sobre o significado da água para a vida na Terra.

Neste mesmo dia, a ONU lançou a Declaração Universal dos Direitos da Água, que apresenta entre as principais normas:

A água faz parte do patrimônio do planeta;

A água é a seiva do nosso planeta;

Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados;

O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos;

A água não é somente herança de nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores;

A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo;

A água não deve ser desperdiçada nem poluída, nem envenenada;

A utilização da água implica respeito à lei;

A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social;

Nós somos todos feitos de água

Fique por dentro do que está sendo feito em Campos em distribuição de água e saneamento

Em Campos a concessionária Águas do Paraíba antecipou o Dia mundial da Água anunciando R$ 70 milhões de investimentos em 2019, em Campos, com a implantação de mais uma estação de tratamento de esgoto (ETE Lagoa do Vigário), conclusão da implantação de redes coletoras de esgoto em nove bairros da cidade, a maioria em Guarus, e obras em 35 novos sistemas de água do interior, em 54 localidades.

A inauguração da oitava estação de tratamento de esgoto de Campos: ETE Lagoa do Vigário vai completar a universalização do saneamento na Grande Guarus (Foto Ilustrativa)

Segundo o superintendente da Águas do Paraíba, o engenheiro Juscélio Azevedo, a concessionária já investiu em Campos dos Goytacazes quase R$ 500 milhões em obras de água e esgoto, o maior investimento em saneamento feito no interior do Estado do Rio pela concessionária do Grupo Águas do Brasil.

Mais investimentos em 2019

A inauguração da oitava estação de tratamento de esgoto de Campos: ETE Lagoa do Vigário vai completar a universalização do saneamento na Grande Guarus, que já dispõe de outras duas estações em funcionamento: ETE Vicente Dias e ETE Codin.

Para atingir a universalização dos serviços de coleta e tratamento de esgoto, a concessionária está finalizando a implantação de redes coletoras nos Parques Prazeres, Niterói, Zuza Mota, Presidente Vargas, Novo Mundo, Barão do Rio Branco, Custodopolis (todos na margem esquerda do rio Paraíba do Sul) e, ainda, no Parque Rodoviário (margem direita).

Outro investimento será feito na ativação de uma nova adutora de água, com 300 milímetros de diâmetro, que vai interligar a ETA Coroa ao Reservatório da CEASA, ampliando o abastecimento para a área norte do município, principalmente em Travessão e imediações.

“Com todos esses investimentos, não temos dúvida de que Campos conquistará posições ainda mais importantes e destacadas no cenário nacional de saneamento, como merece a população campista”, concluiu o superintendente de Águas do Paraíba.

NENHUM COMENTÁRIO