Advogado da Santa Casa quer demissão de servidores públicos para Prefeitura pagar dívida

0

A escolha de Sofia…

No melhor estilo farinha pouca, meu pirão primeiro, a Santa Casa de Misericórdia de Campos, através de seu advogado Thiago Ávila Florim, sugeriu a demissão de servidores públicos municipais como forma de o Município capitanear recursos para quitação da dívida com aquela unidade de saúde.

A sugestão de exoneração está na manifestação da Santa Casa dentro do processo no Tribunal de Justiça que bloqueou, semana passada, R$ 2,5 milhões dos cofres da Prefeitura de Campos para pagamento da Santa Casa.

Números I

Quase uma prefeitura à parte, a Saúde tem orçamento em torno de R$ 700 milhões. Os números de atendimento justificam o valor: Na Atenção Básica, no segundo quadrimestre deste ano, foram 154.818 consultas e mais de 01 (um) milhão de procedimentos, como curativos e exames. Já na alta complexidade, foram 192.264 consultas e aproximadamente 1,6 milhão de procedimentos.

Números II

Somente nos hospitais da rede – Ferreira Machado (HFM) e Geral de Guarus (HGG) – foram aproximadamente 285 mil atendimentos nesses quatro meses. Nas 07 Unidades Pré-Hospitalares (UPH) e no Centro de Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais (Caope) foram 431.922 atendimentos ambulatoriais.

NENHUM COMENTÁRIO