Aberta a temporada de boas novas para a região

0
Terminal Multicargas (T-MULT)

Viva Ciência

Com o objetivo de estimular a vocação científica e a formação de novos pesquisadores na rede municipal de ensino, contemplando alunos do Ensino Fundamental II e da EJA. Nesta quinta-feira (21), a Prefeitura de Campos lançou o programa “Viva a Ciência na Escola”, durante cerimônia no auditório da sede da Prefeitura.

O programa, uma iniciativa pioneira, visa estimular a vocação científica e a formação de novos pesquisadores nas Escolas Municipais do Ensino Fundamental II e da VI a IX fase da Educação de Jovens e Adultos (EJA). As áreas temáticas de interesse são: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Matemática e Linguagens.

As inscrições serão online e selecionados 30 projetos. As bolsas serão concedidas por um período de 12 (doze) meses, com recursos do Fundecam (Fundo de Desenvolvimento do Município de Campos).

O “Viva a Ciência na Escola” é desenvolvido pela Superintendência de Ciência e Tecnologia; Fundecam e Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Smece).

Campos vai ganhar Nova Orla II

Vem aí a nova Orla II, na Avenida Rui Barbosa, no trecho entre as Ruas Saturnino Braga e Marechal Floriano (Ouvidor), nos altos do Cais da Lapa. O prefeito Rafael Diniz autorizou a retomada do projeto de revitalização da orla. A montagem do canteiro de obras começou nesta semana e as obras serão iniciadas ainda neste mês de março. Por sua localização e vista do pôr do sol, a área tem grande potencial para despontar como um novo ponto turístico e de badalação de Campos.
Serão, ao todo, 1.600m² de área construída, sendo 860m² nesta nova fase da obra. Serão erguidos mais seis quiosques, totalizando 10 pontos, somados aos quatro construídos na primeira fase. Um quiosque será destinado à Guarda Civil Municipal, pois a segurança terá atenção no local.


O presidente da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), Vinicius Viana, explica que será necessária a demolição dos quiosques construídos há décadas e que devido à falta de manutenção não apresentam condições de serem recuperados. O projeto teve que ser revisto, para atender à demanda de permissionários e contará ainda com paisagismo, banheiros masculino e feminino, ambos com acessibilidade.
“A nova Orla II terá um playground para as crianças, devidamente cercado para garantir a segurança, e palco para shows musicais e apresentações culturais. É um espaço que se firmará como um ambiente familiar”, frisou o presidente da Codemca.

Porto cresce

O Terminal Multicargas (T-MULT) do Porto do Açu, uma nova opção para cabotagem no Brasil, tem prevista para o início deste ano a sua expansão, que possibilitará a movimentação de novas cargas. O projeto contará com ampliação do pátio de estocagem e construção de armazenagem coberta, incrementando ainda mais as atividades do terminal.

Entre as cargas que poderão ser movimentadas estão granéis agrícolas, concentrados (cobre, zinco, entre outros), hidratos, fertilizantes, breakbulk e produtos para siderurgia. O terminal ainda possui licença para operar veículos e está desenvolvendo um projeto para criar a infraestrutura necessária para a movimentação de contêineres.

Com atual 160 mil m² de área alfandegada, 14,5 metros de profundidade e homologação para receber embarcações com calado de até 13,1 metros –  o que permite a atracação de navios Panamax, o T-MULT está em operação desde 2016, hoje movimenta bauxita, coque, carvão, gipsita, sucata, carga geral e de projetos e também pode movimentar outras cargas como manganês, sal, minério de ferro e gusa.

Complexo do Porto do Açu

Em operação desde 2014, o Complexo do Porto do Açu tem grande vocação para o segmento de O&G e movimenta petróleo, minério de ferro, carvão, coque, bauxita, carga geral e de projetos, entre outros. Com 130 km² de área, sendo 40 km² de reserva ambiental, o Complexo do Açu conta com as empresas: Porto do Açu Operações, Açu Petróleo, BP Prumo, B-Port (empresa do Grupo Edison Chouest), InterMoor, NOV, TechnipFMC, Wartsila, Ferroport, Anglo American, Dome, GNA (Gás Natural Açu) e Estação Açu.

NENHUM COMENTÁRIO