Foto da mãe da rosácea “Josy” não é montagem. Áudios e vídeos desmentem

2

Nessa sexta-feira, a equipe do Somos Online recebeu uma grave denúncia de supostos maus tratos à idosa Sueli Batista, de 65 anos. A denúncia veio acompanhada de fotos e áudios que mostravam um quadro grave e preocupante.

Ela é mãe de Joseline Batista da Silva Vaz, conhecida pela alcunha de “Josy”, ex-funcionária terceirizada do CCZ de Campos, já notória por fazer denúncias fantasiosas nas redes sociais, tendo atuado no governo Rosinha e, atualmente, é uma das coordenadoras de campanha do grupo político de Garotinho, prestando ferrenha “assessoria política de Facebook”, fazendo postagens de ataques ao atual governo municipal e aos opositores do seu grupo, sonhando com uma futura candidatura a vereadora, o que justifica a razão de tanto histerismo contra a tentativa de apuração dos fatos pelo Somos.

Isolada

Ao chegarmos à casa da idosa Sueli Batista da Silva que reside sozinha, em uma casa na Rua José Alves Dias, 174, esquina com a Rua Agnaldo Machado, no Parque Jóquei Club, tentamos falar com ela através de uma grade de madeira no muro, e observamos que ela aparentava grande abatimento, muita tristeza, desorientação e alguns ferimentos no rosto, principalmente perto dos olhos.

Logo no início da tentativa de diálogo, percebemos que alguém lhe ditava o que falar por trás do muro. Ao questionarmos o fato, fomos surpreendidos pela filha Joseline, a “Josy”, e o Marido Marcos Vaz, o “Marcão”, ex-assessor na Câmara Municipal, que abriram o portão e avançaram para o diretor do Somos Esdras Pereira, que foi interpelado pelo casal em atitude extremamente agressiva, com ameaças de agressão, gritos e ofensas, impedindo qualquer contato com a anciã para apuração do acontecido, demonstrando claramente que estavam de “plantão” na casa da idosa para impedir que ela mantivesse contato com outras pessoas.

Retirada estratégica

Para evitar que o episódio se tornasse algo mais forte do que o “barraco” armado por “Josy” e fosse usado como argumento em um desdobramento judicial, nos retiramos do local pacificamente e sem responder às graves ofensas, com o marido da “Josy” socando a porta do veículo, como pode ser visto no vídeo feito por ela própria, e que será devidamente encaminhado às autoridades competentes. A retirada da equipe do local frustrou qualquer tentativa de inversão dos papéis nesse grave episódio.

Tia e cunhada desmentem que foto da mãe de “Josy” sangrando seja montagem como ela afirma

Alguns minutos após nos retirarmos do local, a “Josy” divulgou em seu perfil no Facebook um vídeo da agressão verbal ao jornalista e um vídeo abraçada com a mãe com a cabeça encostada à dela, ocultando o principal ferimento. Ela alega que que a fotografia da sua mãe com o rosto sangrando seria uma “montagem” divulgada nas redes sociais, contradizendo a outro história contada pela anciã.

A versão da fotomontagem foi firmemente desmentida por sua tia Regina Pinto em entrevista à equipe do Somos Online, dizendo que a fotografia em questão, que tanto preocupa a “Josy”, foi tirada por sua cunhada Débora.

Em contato com Débora, ela confirmou totalmente a autenticidade da fotografia feita por ela logo que chegou à casa da idosa atendendo a seu próprio pedido para documentar o seu estado para mostrar ao filho.

 

Portanto já são duas testemunhas que contestam frontalmente a história montada por “Josy”.

Áudios e vídeos

Diante de um episódio tão lamentável, o Somos Online, não fará juízo de valor, se limitando a publicar os áudios da senhora Regina Batista Pinto, que saiu em defesa da sua indefesa irmã Sueli Batista da Silva, o áudio com a cunhada Débora, áudios divulgados no grupo político de “Josy”, e o vídeo da “artista” Joseline Batista da Silva Vaz tentando se fazer passar por vítima.

A idosa, por instinto materno de proteção, nega o episódio alegando ter tomado um tombo, o que poderá ser facilmente averiguado em um exame de corpo de delito. Mas, apesar disso, a denúncia pode levar a averiguação dos fatos para proteção da idosa.

Orientação do Ministério Público / RJ

O Somos Online ouviu um representante do Ministério Público que alertou que, sem prejuízo da comunicação dos casos de agressão física à Delegacia de Polícia (seja ou não idosa a vítima), a notícia pode ser encaminhada à Promotoria de Justiça de Proteção ao Idoso (2° andar do MP ou pela Ouvidoria – telefone 127). A Promotoria do Idoso atua para proteger pessoas idosas em situação de risco.

Em situações urgentes como essa (finais de semana e feriados), há o plantão judiciário no Fórum.

O caso deverá ser inicialmente comunicado à Promotoria do Idoso, que atua na proteção ao idoso. Tomando conhecimento dos fatos, o promotor deverá apurar e tomar todas as providências cabíveis para aplicação das medidas para proteção da idosa.

2 Comentarios

  1. Ola meu nome e Vinicius moro em Curitiba Paraná sou sobrinho e afilhado de Sueli e tudo isso q minha tia Regina esta falando e verdade Sueli também me ligou depois do ocorrido ja morei na casa de Sueli depois q minha mãe veio a falecer quando tinha oito anos e desde q me lembro ela a joseline batista sempre agressiva com a mãe, ja chamei minha tia Sueli para vim morar aqui comigo em Curitiba ate pago a passagem dela mais ela sempre nega gosto muito dela e para joseline so tenho a dizer q deus tenha pena da sua alma porque preferir proteger um casal de corrupto do q a própria mãe !!!

  2. Sou filho de Regina irmã de Suely que reside em campos dos Goytacazes mãe de Joseline Batista Vaz .No dia da fato minha mãe me ligou desesperada falando que Suely ligou para ela desesperada que joseline arrombou a porta e quebrou os vidros da janela onde cacos de vidros caíram sobre o rosto de Suely como demonstra na foto.A mesma ligou pra Débora pedindo que fosse na casa dela pois estava passando mal.e pediu para a mesma tirar foto e enviar para a minha mãe Regina.Que como qualquer outra irmã ligou pra Suely e a mesma relatou todos os fatos descritos nos fatos.minha mãe até falou pra Suely ir na delegacia fazer boletim de ocorrência contra joseline pois não é a primeira vez que a mesma agride a mãe.Após o fato vim a público joseline Batista foi a casa de Suely (mãe) e ajoelhou pedindo perdão que isso iria prejudicar a mesma a se candidatar para vereadora ontem fez aquele vídeo da joseline Batista encostada o rosto ao da mãe que parece que passou cola que nem se mexia para esconder não sei o que.Ontem 17/03/2018 um suposto que se diz trabalhar no DPJ de campos e relatou que joseline Batista Vaz fez boletim de ocorrência contra minha mãe.Diferente dela eu vou defender minha mãe até o fim.Sou transexual assumido com muito orgulho com 2 graduações.4 especialização.dou aula há 18 anos.E antes desses fatos na gestão de Garotinho ou Rosinha Joseline Batista Vaz utilizava a casa de minha mãe de pensão.vinha com marido e seu filho.indo embora deixando conta de luz e água pra minha mãe que é pensionistas e ganha pouco pra pagar.Minha mãe tem diabete e certa vez quebrou a perna no período de semana santa.A Joseline Batista mandou recado pra meu Facebook dizendo se poderia vim pra Vitória.Eu expliquei a situação que minha mãe estava com perna engessada e por ter diabete não poderia andar.A joseline mesmo assim veio pra Vitória dando muito trabalho pra mamãe com marido e filho do marido onde a perna da minha mãe inchou tanto que foi parar no hospital.pois a joseline Batista é acomodada e não fazia nada.minha mãe pra não destratar fazia as coisas.Quando voltaram pra campos minha mãe ficou internada.Como foi eu que proibiu a vinda da joseline pra Vitória de ficar na minha casa.A joseline postou no meu Facebook que eu coloquei silicone e reformei meu corpo que estava podre e só tinha a alma é que ela iria casar e não queria meu tipo de pessoa no casamento da mesma.Como se eu fosse perder meu tempo de participar de casamento de uma pessoa já que a Joseline Batista Vaz foi ao DPJ fazer boletim de ocorrência.Também estarei indo para fazer uma denunciação caluniosa.discriminação.homofobia.preconceito.danos morais.materiais.Engraçado já que a Sr.Joseline Batista Vaz gosta de delegacia acusar as pessoas porque o Sr.prefeito RAFAEL DINIZ NÃO VAI A DELEGACIA PELOS XINGAMENTOS.OFENSAS.CALÚNIAS QUE A JOSELINE BATISTA VAZ PUBLICA NAS REDES SOCIAIS?MINHA MÃE QUIZ DEFENDER A IRMÃ SUELY CONTRA AS AGRESSÕES QUE A PRÓPRIA LIGA RECLAMANDO.CHORANDO PRA MAMÃE RELATANDO OS ACONTECIMENTOS.AGORA VAMOS VER DE QUE LADO A SUELY VAI FICAR DO LADO DA IRMÃ QUE SEMPRE QUIZ SEU BEM OU DA FILHA QUE SEMPRE ESTÁ AGREDINDO VERBALMENTE E PESSOALMENTE A MÃE.TAÍ A QUESTÃO.