Condenados da Chequinho tentam Cautelar no TSE para ficar nos cargos

0

Após tomar cartão vermelho do TRE, que apontou a porta da rua da Câmara Municipal por compra de votos com Cheques Cidadão pagos com dinheiro público, Thiago Virgílio, Linda Mara, Ozéias e Miguelito foram para Brasília, onde estão tentando conseguir uma medida cautelar no TSE para se manter nos cargos de vereadores. Linda Mara e Ozéias já regressaram, mas Thiago Virgílio e Miguelito permanecem na capital, onde não podem ser notificados da sua saída da Câmara, um artifício infantil, já que podem ser notificados por edital no DO.

Gustavo Severo
Gustavo Severo

Para tanto foi contratado o milionário advogado eleitorialista Gustavo Severo, Mestre em Direito Constitucional e Especialista em Direito Eleitoral, coordenador jurídico-eleitoral da campanha presidencial da ex-presidente Dilma Rousseff em 2014, e que também advogou para o presidente Michel Temer.

Quem vai pagar a conta?

O que ainda não se sabe é quanto ele cobrou de honorários para defender o grupo de condenados na Chequinho e, muito menos, quem vai pagar essa polpuda conta.

Ovos na galinha

É bom lembrar que não adianta mais contar com os ovos ainda inseridos no contexto da galinha, pois o generoso Ministro Gilmar Mendes, sempre muito simpático aos componentes da Facção Rosa, já não está na presidência do TSE.

NENHUM COMENTÁRIO