Um padre, suas ovelhas, e muito sangue…

0

“O crime do Padre Achilles”

A luta pelo poder e a eterna guerra entre liberais e conservadores sempre foram protagonistas de muitas histórias em nossa cidade, e hoje conto uma que foi o verdadeiro “rebuliço da cidade”.

A matriz de Campos em 1914 em dia de procissão com o Padre Achilles e o seu rebanho
A matriz de Campos em 1914 em dia de procissão com o Padre Achilles e o seu rebanho

No início do século XX, o padre Achilles de Mello era o vigário da então Matriz de São Salvador, e como era de costume, cercado por suas “ovelhas” compostas pelas “senhoritas” e “senhoras” das famílias mais abastadas da cidade, o padre logo ficou famoso pelos seus “casos amorosos” com parte do seu rebanho, e a fofoca não tardou em correr pelos quatro cantos da cidade.

Recortes de Jornal da época - Vítima ou Culpado?
O padre sendo recebido por seus admiradores

Caso de Achilles separou a cidade em dois lados: entre os que estavam do lado do padre e os que não. Protestos logo se iniciaram nas ruas, sendo necessária a vinda de reforços policiais do Estado do Rio para controlar os revoltosos. Havia brigas, socos e muita pancadaria, chegando ao ponto de um soldado, ao tentar controlar o caso, matar uma pessoa e deixar outros três feridos. Neste mesmo dia, a Matriz foi atacada por populares e houve uma correria, o prefeito Luiz Sobral e seus secretários saíram às pressas da Prefeitura para proteger a igreja, junto ao delegado da cidade e os soldados.

O padre Achilles, por sorte, salvou-se de toda esta história e conseguiu chegar a salvo na cidade de Macaé, de onde logo seguiu para Niterói e foi recebido pelos seus seguidores.

O enterro simbólico!

Mas a história não ficou por aí e acabou em farra. No dia seguinte os alunos de Liceu de Humanidades, junto aos muitos outros jovens da cidade, fizeram um enterro simbólico do padre com direito a romaria e cantos pelas ruas da cidade, diferente dos meios mais conservadores que se negaram a acreditar em tal fato, e fizeram uma manifestação de “desagrado” pelas ofensas que Achilles recebeu em Campos.

Recortes de Jornal da época - Vítima ou Culpado?
Recortes de Jornal da época – Vítima ou Culpado?

O caso do Padre Achilles logo virou uma verdadeira luta de poder. Assim como podemos ver nos dias de hoje, os conservadores com os seus meios de comunicação na defesa e os liberais com seus meios de comunicação no contra, o antigo vigário foi o protagonista de muitas brigas e pelo final de muitas amizades entre os campistas. Lendo os jornais da época encontrei matérias alegando ser tudo um “golpe” e outras matérias alegando que o fato foi verídico e com “testemunhas”.

O caso de Achilles ficou para a história e entrou para a Enciclopédia Campista!

Por Matheus Venancio – Publicitário e autor de A Enciclopédia Campista.

NENHUM COMENTÁRIO