Só depende de Gilmar…

0

Com o recesso do judiciário coube ao Ministro Gilmar Mendes ser o plantonista do TSE. Cabendo a ele o julgamento de recursos urgentes, como o pedido de habeas corpus de Garotinho sob prisão preventiva em Bangu 8, que não foi julgado na última sessão plenária daquele tribunal.

Preso na “Caixa D’Água”

Apesar de condenado a quase dez anos na Chequinho que investigou o mega escândalo de compra de votos com Cheques Cidadão pagos com dinheiro público, o ex-governador foi preso durante a Operação Caixa D’Água, braço da Operação Lava Jato, que apura o esquema de cobrança de propinas de empresários nas gestões da sua esposa, a ex-prefeita Rosinha, na Prefeitura de Campos, inclusive com a  utilização de intimidação armada.

Desventuras em série

Para aumentar o escore de derrotas judiciais, em sua última sessão do ano, o plenário do TRE negou mais um pedido de suspeição do juiz Ralph Manhães, feito por Garotinho, no processo da Chequinho, onde foi condenado por quase dez anos, como líder do escandaloso esquema de compra de votos nas últimas eleições.

Mas as derrotas não param por aí. O pedido de suspeição contra o juiz Glaucenir de Oliveira também foi negado pelo TRE.

NENHUM COMENTÁRIO