Dr. Garotinho “advogado”, o último esperneio antes da sentença

0

Após “demitir” duas milionárias bancas de advogados, e apesar de manter um escritório de Campos em sua folha de pagamentos com 40 mil reais mensais, Garotinho agora resolveu atuar como seu próprio advogado, uma notícia que não surpreende a quem conhece seu modus operandis, pois ele já legisla em causa própria há muito tempo.

Premeditado

A realidade é que, após esgotar todas as chicanas judiciais possíveis para atrasar o processo, Garotinho demitiu os seus advogados, como se vê agora, apenas como preparativo e argumento para apelar para esse desesperado Habeas Corpus junto ao TRE, em que tenta ganhar mais tempo antes da sentença para poder “escolher” que ela seja dada por outro juiz, que não o Dr. Ralph Manhães da 100ª Zona Eleitoral de Campos, sob a alegação de precisar constituir novo advogado.

O mais “novo” advogado de Campos luta contra o tempo, já que o Dr. Ralph Manhães entra de férias no próximo dia 16.

Esperneio de afogado

Mas nada garante que esse “esperneio de afogado” para ganhar tempo para que o juiz, que ele tentou de todas as formas intimidar e elegeu como seu desafeto, saia de férias, possa lhe trazer uma sentença mais branda.

Afinal, são muitas provas e depoimentos de testemunhas apontando seu envolvimento como líder da “Chequinho”, o gravíssimo e maior esquema de compra de votos com o programa social Cheque Cidadão pagos com dinheiro público já visto.

Dificilmente, qualquer outro juiz poderá se transformar em sua almejada “taboa da salvação”.

NENHUM COMENTÁRIO