Siprosep – Servidores municipais questionam divulgação de assembleia

2

Faltou divulgação

A convocação dos associados do Sindicato Profissionais dos Servidores Públicos Municipais (Siprosep), para assembléia nesta sexta-feira, 24, está causando polêmica em Campos dos Goytacazes. O motivo, segundo os associados, é a pouca divulgação para reunião que, segundo o edital, vai elaborar a pauta de reivindicações para este ano, incluindo reajuste salarial e plano de saúde.

Debate nas redes sociais

O questionamento começou pelas redes sociais.  Em resposta a postagem do sindicato em sua página recém criada no Facebook, Tatiane Kelli, através do seu perfil, lamentou a demora na divulgação da assembleia nas redes sociais: “Fico chateada em ver que desde o dia 20 isso já poderia ser divulgado aqui, e só agora, por pressão de alguns, isso acontece”, disse na postagem.

Vale lembrar que o perfil do Siprosep no Facebook também foi criado a cerca de 30 dias, mais precisamente em 22 de fevereiro.

Para aquecer ainda mais a polêmica, a questão do plano de saúde. Para muitos associados é política, haja vista que este direito dos servidores foi retirado durante a gestão da ex-prefeita Rosinha Garotinho e ainda gestão da atual direção do sindicato.

“Não foi na gestão de vcs que perdemos o plano de saúde ? “, questionou Elaine Porto, em resposta  a mais uma postagem do sindicato. O perfil do Siprosep questionou e ressaltou que o retorno do plano de saúde foi uma promessa de campanha do atual prefeito Rafael Diniz.

Sérgio de Azevedo Almeida – Presidente do Siprosep

A equipe da Somos Online tentou entrar em contato com o presidente do Siprosep, Sérgio de Almeida Azevedo, mas até o final da edição dessa matéria não obteve êxito. O espaço fica disponível para eventual uma resposta.

Assembléia Geral Extraordinária

Edital de Convocação

O Presidente do Sindicato Profissionais dos Servidores Públicos Municipais de Campos dos Goytacazes no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto Social, convoca os associados em gozo de seus direitos sociais, para se reunirem no dia 24 de Março de 2017, em Assembléia Geral Extraordinária, a realizar-se na sua sede social, à Av José Alves de Azevedo, 213, Centro, nesta cidade, às 18 horas, em primeira convocação; e às 19 horas em segunda, conforme normas estatutárias, para discutir e deliberar sobre os seguintes assuntos:

Ordem do Dia:

1 – Elaborar e encaminhar ao executivo, pauta de reivindicações, inclusive salariais para o ano base de 2017, reajuste salarial; plano de saúde, etc.

Campos dos Goytacazes, 20 de Março de 2017.

Sérgio de Azevedo Almeida – Presidente

ATUALIZAÇÃO

Resposta da Direção do Siprosep através da Assessoria:

Embora algumas pessoas até tentem polemizar o assunto, essa é uma discussão inócua. Basta o mínimo de conhecimento, e, como aparentes interessadas no assunto elas deveriam conhecer o mecanismo de publicidade das convocações para assembleias, seguindo os princípios da transparência e Publicidade.
As normas a serem seguidas são ditadas pelo estatudo do sindicato e pelo Ministério do Trabalho. Os requisitos legais dizem respeito a publicação em jornal impresso de grande circulaçã, com três dias de antecedência, o que sempre foi feito, incluvise para as próximas assembleias que acontecem nesta sexta-feira (24).
O SIPROSEP segue as exigências legais, o que não inclui convocação individual ou por redes sociais, embora tenhamos feito dessa forma, disponibilizando os editais no facebook. Os servidores que estão entando polemizar a questão não estão fazendo o dever de casa, pois como interessados diretos, eles devem buscar as informações, acompanhar as publicações, comparecer à sede do sindicato em casos de dúvidas e não cobrar sobre procedimentos legais que foram rigorosamente seguidos.
Vale ressaltar, ao contrário do que a servidora Tatiane Kelly falou, a divulgação dos editais foi uma quesão levada ao presidente Sérgio Almeida, que de pronto autorizou como forma de facilitação no acesso à informação.Em momento algum o sindicato se sentiu obrigado a ceder a supostas pressões. Esse tipo de comportamento é algo que não há de prosperar.
Com relação à retirada do plano de saúde, os servidores que questionaram foram informados de que o governo tem força e legitimidade para dar e retirar o benefício, ainda que o sindicato esteja em constante reivindicação. Inclusive o retorno foi promessa de campanha do prefeito Rafael Diniz. Resta agora que o chefe do Executivo cumpra com sua palavra empenhada aos servidores e ao sindicato. Porém, independente de qualquer coisa, o SIPROSEP continuará com sua tarefa de lutar pelos interesses dos servidores, ainda que não haja reconhecimento de alguns. O trabalho vai continuar.

Assessoria de Imprensa
SIPROSEP

 

2 Comentarios

  1. Embora algumas pessoas até tentem polemizar o assunto, essa é uma discussão inócua. Basta o mínimo de conhecimento, e, como aparentes interessadas no assunto elas deveriam conhecer o mecanismo de publicidade das convocações para assembleias, seguindo os princípios da transparência e Publicidade.
    As normas a serem seguidas são ditadas pelo estatudo do sindicato e pelo Ministério do Trabalho. Os requisitos legais dizem respeito a publicação em jornal impresso de grande circulaçã, com três dias de antecedência, o que sempre foi feito, incluvise para as próximas assembleias que acontecem nesta sexta-feira (24).
    O SIPROSEP segue as exigências legais, o que não inclui convocação individual ou por redes sociais, embora tenhamos feito dessa forma, disponibilizando os editais no facebook. Os servidores que estão entando polemizar a questão não estão fazendo o dever de casa, pois como interessados diretos, eles devem buscar as informações, acompanhar as publicações, comparecer à sede do sindicato em casos de dúvidas e não cobrar sobre procedimentos legais que foram rigorosamente seguidos.
    Vale ressaltar, ao contrário do que a servidora Tatiane Kelly falou, a divulgação dos editais foi uma quesão levada ao presidente Sérgio Almeida, que de pronto autorizou como forma de facilitação no acesso à informação.Em momento algum o sindicato se sentiu obrigado a ceder a supostas pressões. Esse tipo de comportamento é algo que não há de prosperar.
    Com relação à retirada do plano de saúde, os servidores que questionaram foram informados de que o governo tem força e legitimidade para dar e retirar o benefício, ainda que o sindicato esteja em constante reivindicação. Inclusive o retorno foi promessa de campanha do prefeito Rafael Diniz. Resta agora que o chefe do Executivo cumpra com sua palavra empenhada aos servidores e ao sindicato. Porém, independente de qualquer coisa, o SIPROSEP continuará com sua tarefa de lutar pelos interesses dos servidores, ainda que não haja reconhecimento de alguns. O trabalho vai continuar.

    Assessoria de Imprensa
    SIPROSEP

  2. É fato que o SIPROSEP cumpre o estatuto do sindicato no que se diz sobre a publicação da convocação das assembleias.
    Mas também é fato que pela primeira vez divulgou uma convocação no próprio perfil do facebook após inúmeros comentários sobre a falta de cordialidade e boa vontade de facilitar o acesso dos sindicalizados aos editais de convocação.
    Se o SIPROSEP representa o servidor, qual dificuldade sempre encontrou em divulgar tal assunto em seu perfil de rede social?