Rosinha e Garotinho no Fórum. Não adiantou esperneios judiciais ou catarata de advogado

0

Após todos os “esperneios judiciais” possíveis, com pedidos de afastamento de autoridades processuais, suspeições, recursos, e até pedido de segundo adiamento por conta de uma alegada cirurgia de catarata de advogado (um primeiro adiamento foi concedido por conta de diabetes), todos negados pelas instâncias superiores, hoje, os réus Rosinha e Garotinho terão que comparecer às barras da Justiça para serem interrogados na Ação Penal proveniente da Operação Caixa D’Água, que investiga a exigência de pagamento de propinas de empresas com contratos com a prefeitura de Campos. O interrogatório está marcado para às 12.30h.

NENHUM COMENTÁRIO