CPI do Rombo: Marcão quer “repatriar o dinheiro que foi retirado dos cofres da Prefeitura por ladrões”

0
Marcão quer CPI do Rombo para recuperar dinheiro da PMCG

Na sessão de quarta-feira da Câmara Municipal de Campos, o vereador Marcão (Rede) propôs a criação de uma CPI que poderia muito bem se chamar de “CPI do Rombo”, falando com todas as letras: “Faço um chamamento aos vereadores para que possamos abrir um CPI para investigar os sucessivos rombos da gestão passada e repatriar a dinheiro que foi retirado dos cofres da Prefeitura por ladrões”.

Rombo

Além disso, o vereador citou várias estranhas diferenças na contabilidade da Prefeitura de Campos, como “um “rombo” de mais de R$ 100 milhões constatado em auditoria feita a pedido da ex-prefeita, além do “rombo” do Previcampos.

Dinheiro em apartamento

Com a sua metralhadora disparando, Marcão ainda falou sobre a relação de Rosinha, Garotinho e Clarissa com a Odebrecht e a planilha de doações na Lava Jato. E também questionou o não pagamento por Rosinha das empresas, RPAs, apesar de ter vendido o futuro do município comprometendo os royalties e deixando dívidas para Rafael Diniz. Como tiro de misericórdia, a última bala: “Aonde foi parar este dinheiro? Por certo, deve estar em algum apartamento no Rio“.

Nota da Redação:

O certo é que os campistas anseiam para que tudo seja apurado, que o município receba de volta tudo o que, porventura, tenha sido desviado, e que os eventuais culpados sejam devidamente responsabilizados nos rigores da lei.

A “CPI do Rombo” é muito bem vinda, e aqueles que tentarem evitá-la, certamente compactuaram com o que a investigação parlamentar poderá trazer à tona.

NENHUM COMENTÁRIO