Compra de Deputados: Procuradoria Eleitoral/RJ abre representação contra Garotinho

0

Falou demais

Como se não bastasse a Garotinho a condenação na Chequinho a quase dez anos de cadeia por compra de votos, denúncias em delações premiadas da Lava Jato, Operação Caixa D’Água e etc… A Procuradoria Eleitoral no Rio de Janeiro abriu representação contra ele por propaganda eleitoral antecipada, e também por declaração gravada em vídeo de que compraria deputados se eleito, o que seria crime de corrupção.

LEIA MAIS AQUI

Segundo a Procuradoria, as declarações de Garotinho podem ser analisadas sob ponto de vista criminal, por fazer referências expressas ao crime de corrupção ativa.

Assista:

NENHUM COMENTÁRIO