Campos no Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

0

Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes é crime inafiançável, que prevê pena de seis a 30 anos de reclusão e multa. A fim de intensificar a rede de informação e conscientizar a sociedade sobre a importância de denunciar os casos, o programa FortaleSER, da Fundação Municipal da Infância e da Juventude (FMIJ), iniciou nesta segunda-feira (15) a campanha “Campos no Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. Centenas de pessoas foram abordadas no Boulevard Francisco de Paula Carneiro (Calçadão) e receberam um panfleto com informações, por exemplo, de como identificar que a criança ou adolescente foi abusado ou vem sofrendo violação sexual.

Fortalecer-2

Participaram do evento, além da equipe do FortaleSER e da FMIJ, adolescentes da Guarda Mirim, representantes da Secretaria Municipal de Saúde; do Programa Ronda Escolar, da Guarda Municipal; do curso de Pedagogia da universidade Estácio; e da Associação de Capoeira Grupo Lampião.

“Este ato simboliza o engajamento da nossa cidade no combate à pedofilia. Campos tem que ser vista como uma cidade cuja sociedade trabalha para extinguir os casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”, defendeu a presidente da FMIJ, Suellen André de Souza. A coordenadora do FortaleSER, Valéria Peçanha, complementou lembrando que “esta é uma luta que exige o envolvimento de toda a população”.

Fortalecer-3

Por ano, o programa FortaleSER realiza em média 140 atendimentos a novos casos de abuso ou suspeita da prática do crime contra crianças e adolescentes. A vítima e sua família são acompanhadas por uma equipe técnica, que oferece total assistência, como aspectos psicológicos e psicopedagógicos, visando à redução de danos e a ressocialização destas crianças e adolescentes. A rede de proteção se dá desde a escola onde a criança estuda até a comunidade onde ela vive.

“Esta movimentação é de fundamental importância. A sociedade como um todo é muito desinformada. Pedofilia é um crime absurdo, que não pode mais passar despercebido e impune”, opinou o presidente da Associação Campista de Compositores, Francisco Caldas, que prestigiou o evento.

Denúncia

Casos de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes podem ser denunciados, anonimamente, pelos telefones 100 ou 181. Também podem ser canais de comunicação os CREAS, o Conselho Tutelar e o programa FortaleSER, através do número 98175-0720 ou por email: programafortaleser@gmail.com.

Programação

Nesta terça e quarta-feira, dias 16 e 17, será ministrada palestra com o tema “Um olhar sensível e desafiador no enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes”, no Teatro de Bolso, para profissionais da rede municipal de Educação. Já no dia 18, acontece o V Seminário “Campos no Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, às 13h, Câmara de Vereadores de Campos. Já na sexta-feira (19), a equipe do FortaleSER realiza abordagem de sensibilização aos caminhoneiros na Barreira Fiscal, na sexta-feira (19).

Por: Tatiana Freire – Foto: Rodrigo Silveira

NENHUM COMENTÁRIO