Saiba como consultar se você tem direito ao abono salarial PIS / PASEP 2017

0

PIS / PASEP: Os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao PIS, já podem consultar se têm direito a receber o abono salarial 2017. Conforme a Caixa Econômica Federal, a verificação poderá ser feita de três formas: no aplicativo Caixa Trabalhador, nesta página ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão (0800-726-0207).  Para servidores públicos, vinculados ao Pasep, a consulta será liberada na terça-feira (17) por meio da Central de Atendimento do Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-7290001.

abono salarial ano-base 2017 começa a ser sacado neste mês. O calendário foi definido em 26 de junho (confira abaixo) durante a reunião do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). A estimativa é de que sejam destinados R$ 18,1 bilhões a 23,5 milhões de trabalhadores.

Quem nasceu entre julho e dezembro recebe o benefício em 2018. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível em 2019. Em qualquer situação, o dinheiro ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o pagamento.

Abono salarial 2017 – Como consultar se tem dinheiro a receber?

– A partir desta segunda-feira, o trabalhador da iniciativa privada pode consultar. Para isso, ele precisa do Cartão do Cidadão. No portal ou aplicativo da Caixa, ele consulta com o número do PIS, NIS ou NIT e a Senha Cidadão.

– Para servidores públicos, vinculados ao Pasep, a consulta será liberada na terça-feira (17) por meio da Central de Atendimento do Banco do Brasil nos telefones 4004-0001 ou 0800-7290001.

Onde sacar?

– Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa Econômica Federal. Para os funcionários públicos, associados ao Pasep, a referência é o Banco do Brasil. Os correntistas dos dois bancos terão o benefício creditado em conta no período estabelecido no calendário (veja abaixo).

–  Para sacar o abono salarial no Banco do Brasil, o trabalhador deve apresentar seu documento oficial de identificação (RG ou CNH, por exemplo) no guichê de caixa em uma das agências do Banco do Brasil.

Quem tem direito?

– Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep, é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês em 2017 com remuneração média de até dois salários mínimos.

– Além disso, o trabalhador tinha de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Que valor é pago?

– A quantia que cada trabalhador tem para receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2017.

– O valor do abono salarial será calculado na proporção 1/12 do salário mínimo vigente na data do pagamento. Ou seja, o valor máximo é de R$ 954 e, o mínimo, de R$ 80.

– Quem trabalhou durante todo o ano receberá o valor cheio. Quem trabalhou por apenas 30 dias receberá o valor mínimo. A tabela é a seguinte:

Meses trabalhados/Valores

1 (de 30 a 44 dias): R$ 80

2 (de 45 a 74 dias): R$ 159

3 (de 75 a 104 dias): R$ 239

4 (de 105 a 134 dias): R$ 318

5 (135 a 164 dias): R$ 398

6 (165 a 194 dias): R$ 477

7 (195 a 224 dias) : R$ 557

8 (225 a 254 dias): R$ 636

9 (255 a 284 dias): R$ 716

10 (285 a 314 dias): R$ 795

11 (315 a 344 dias): R$ 875

12 (345 a 360 dias): R$ 954  

Tabela de pagamento do abono salarial ano-base 2017

PIS (para trabalhadores da iniciativa privada)

PASEP (para servidores públicos)Com informações do Diário de Santa Catarina

NENHUM COMENTÁRIO