Afastamento de Linda Mara publicado no Diário Oficial

0

Na edição dessa segunda-feira do Diário Oficial do Município foi publicado o ato oficial que afasta a vereadora Linda Mara Silva (PTC), ex-secretária de Rosinha e fiel escudeira dos líderes da Facção Rosa, da Câmara Municipal, por conta da confirmação da sua sentença em 2ª Instância por compra de votos com Cheques Cidadão, um benefício social pago com dinheiro público.

Linda-notifi-x

linda-rosinha-chorando-x
Linda Mara é Fiel escudeira dos líderes da Facção Rosa Rosinha e Garotinho

O suplente Cabo Alonsimar vai ocupar a cadeira de Linda Mara. Ele é o quinto mais votado do partido que elegeu três vereadores, e é o primeiro entre os que não tiveram o nome envolvido na Chequinho.

Inelegível e votos anulados

Com a decisão ela fica inelegível por oito anos, além de ter seus votos anulados.

Ela pode recorrer, mas fora do cargo.

5.4 anos de prisão

Ela também foi condenada pelo juiz Ricardo Coimbra, da 76ª Zona Eleitoral de Campos, na mesma Ação Penal em foram condenados os vereadores Thiago Virgílio (PTC), Linda Mara (PTC), Kellinho (PR) e Jorge Rangel (PTB) a 5 anos e 4 meses de prisão em regime domiciliar.

Já a denunciada Linda Mara, efetivamente entregou aproximadamente 1.518 cheques cidadãos aos beneficiários por ela indicados em troca de votos, conforme documentos de fls. 247, do apendo ao IPL 236/2016.” (Juiz Ricardo Coimbra)

NENHUM COMENTÁRIO