“Fantasma das ambulâncias está delatando. E é quase tudo sobre Garotinho”….

0

Nada é tão ruim que não possa piorar. Garotinho que o diga. Condenado a quase dez anos de cadeia na Chequinho e preso preventivamente em Bangu 8 por conta da Operação Caixa D’Água, ele agora se torna o principal alvo da delação que está sendo feita pelo empresário Fernando Trabach, o famoso “Fantasma” da Gap que alugou uma frota de ambulâncias para o governo Rosinha em um contrato milionário.

As informações são do colunista de O Globo Lauro Jardim e foram divulgadas hoje. Leia abaixo:

trabach-1-lauro

Fernando Trabach, empresário que foi alvo da operação Caça-Fantasma, em agosto, está delatando. E é quase tudo sobre Anthony Garotinho.

Acusado de usar nomes ‘fantasma’ para fraudar licitações, lavar dinheiro e sonegar impostos, o empresário firmou contratos com o município de Campos, domínio de Garotinho.

As empresas foram contratadas durante a gestão de Rosinha Garotinho. Também prestou serviços para o ex-governador durante seu mandato de deputado federal, que assumiu em 2011.

Trabach começou as negociações com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro logo após a prisão. Foi solto pouco depois, com o acordo fechado.

Em novembro, porém, o empresário voltou a ser detido, consequência da operação Mercado de ilusões. E uma das condições estabelecidas para a colaboração era que Trabach não fosse preso novamente”. (Lauro Jardim/O Globo)

Campos foi assombrada pelo fantasma em contratos que chegaram a 17 milhões

Segundo o Ministério Público:

 “De acordo com a denúncia, os diversos negócios privados ou junto à administração pública, com uso de documento falso, são praticados desde 2006. O esquema criminoso permitia que Fernando Trabach Gomes se escondesse na figura do fantasma e se beneficiasse das atividades econômicas lucrativas exercidas pela identidade fictícia. As provas colhidas demonstram, por exemplo, que o Município de Campos dos Goytacazes contratou algumas vezes o “fantasma” para locar ambulâncias por valores que chegaram a R$ 17,3 milhões. A investigação evidencia, inclusive, um pregão presencial vencido por George Augusto Pereira da Silva, que teria beneficiado, na verdade, Fernando Trabach Gomes”.

Somos Online em 8 de agosto de 2017  

Fantasma-capa-xxx

Caça Fantasma: Busca e apreensão na Casinha da Lapa e Prefeitura de Campos

Depois de ser comparado a Jesus por seu ex-advogado, Garotinho e Rosinha vão precisar de um milagre para explicar à justiça os seus supostos pecados no estranho caso do fantasma do aluguel das ambulâncias à Gap Comércio e Serviços Especiais.

O Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (GAECC/MPRJ) cumpriu mandatos de busca e apreensão na residência do casal na Lapa e na sede da Prefeitura de Campos.

Entre os denunciados está o empresário Fernando Trabach, que manteve estreito relacionamento com o casal Garotinho, e é apontado como líder da quadrilha que praticava falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal, além de manter a identidade “fantasma” de George Augusto Pereira da Silva, para facilitar o cometimento de crimes em licitações, e tributários.

Esse “fantasma” vencia licitações, figurava como sócio de dezenas de empresas, e concedia procurações para movimentações bancárias, em cartórios e prefeituras de dezenas de municípios do estado.

Atuação em Campos

A GAP Comércio e Serviços Especiais foi contratada pelo governo Rosinha Garotinho para alugar ambulâncias ao município durante o seu primeiro mandato por 32 milhões de reais, de 2009 a 2011, e depois por mais R$ 15 milhões.

A fraude na licitação foi apontada pelo Ministério Público ainda em 2011, mas Rosinha só cancelou o contrato após denúncias na imprensa de que George Augusto Pereira habitava o além, era simplesmente um fantasma.

Carros usados por Garotinho e Wladimir eram da Gap

O Fusion da Gap emprestado a Wladimir Garoitnho
O Fusion da Gap emprestado a Wladimir Garoitnho
Mostrando estreitos laços de relacionamento com o casal Rosinha e Garotinho, o carro utilizado por Garotinho, quando deputado, em Brasília, também foi alugado à Gap.
Mostrando estreitos laços de relacionamento com o casal Rosinha e Garotinho, o carro utilizado por Garotinho, quando deputado, em Brasília, também foi alugado à Gap.

Mostrando estreitos laços de relacionamento com o casal Rosinha e Garotinho, o carro utilizado por Garotinho, quando deputado, em Brasília, também foi alugado à Gap.

Logo que tomou posse em 2011, ele alugou um carro da GAP, um Ford Fusion do ano, usando verba da Câmara.

Mostrando bastante generosidade com Rosinha e Garotinho, a Gap também emprestou um carro de luxo ao filho do casal Wladimir Garotinho, que se envolveu com ele em um estranho acidente. Segundo informações, após um entrevero doméstico entre Rosinha e Garotinho ele estaria seguindo o carro da mãe Rosinha em alta velocidade e colidiu com outro veículo, vindo à tona então a sua verdadeira propriedade.

Publicado em: Eu Penso que.../18/5/2-13/Ricardo André Vasconcelos
Publicado em: Eu Penso que…/18/5/2-13/Ricardo André Vasconcelos

Contratos de Rosinha com o além

Segundo o Ministério Público, as provas apontam que o Município de Campos contratou por várias vezes contratou o “fantasma” para alugar ambulâncias em um montante de R$ 17,3 milhões. Ainda segundo o MP, o fantasma George Augusto Pereira da Silva venceu um pregão presencial para favorecer Fernando Trabach Gomes.

Ponta do iceberg

Por enquanto, 11 pessoas foram denunciadas por organização criminosa, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal, mas previsão é que esse número se multiplique com as investigações em curso, atingindo ex-prefeitos e secretários de prefeituras do interior do RJ.

“Agora resta aguardar a resposta para a pergunta: A Casinha da Lapa caiu?”

Ainda não caiu de vez, mas só falta um empurrãozinho…

NENHUM COMENTÁRIO