Continua preso: TRE nega habeas corpus por unânimidade

0
A conta chegou
Thiago Godoy Nos tempos de Chequinho
Thiago Godoy Nos tempos de Chequinho

Após se envolver com o pior da política de Campos, a conta parece ter chegado para o jovem e outrora promissor advogado Thiago Godoy, ex-subsecretário de Governo de Rosinha, e também advogado de Garotinho, teve negado por unanimidade o plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o seu pedido de habeas corpus da prisão preventiva decretada pela justiça nas investigações da “Operação Caixa D’Água, a mesma que também colocou atrás das grades os seus mentores Garotinho e Rosinha, ela em liberdade monitorada por tornozeleira eletrônica.

Organização Criminosa

Thiago Godoy, acusado pela desembargadora relatora Cristiana Frota, Godoy de ser ter sido “um verdadeiro “Lona manus” (mão longa, executor das ordens) do chefe da Organização Criminosa (Garotinho)”, negociador de verbas com empresas para campanha eleitoral, foi preso na mesma leva junto com Garotinho, Rosinha, o ex-secretário de Controle Suledil, e o ex-policial Toninho, que é acusado pelo MPE e a PF de ser o braço armado da organização criminosa.

NENHUM COMENTÁRIO