Privilégios em Campos levaram a ex-prefeita e atual presidiária Rosinha para Benfica

0
Foto/Folha da Manhã

Foi noticiado que a denunciada Rosângela Rosinha Garotinho Barros Assed Matheus de Oliveira estaria no setor administrativo da penitenciária feminina desta cidade, em flagrante descumprimento da determinação judicial que decretou a sua prisão…”

Após ingressar como presidiária na Cadeia Feminina de Campos, a Justiça eleitoral determinou a transferência da ex-prefeita Rosinha Garotinho, presa nesta quarta-feira, para a cidade do Rio, “onde deverá permanecer no sistema prisional”.

A decisão do juiz Ralph Machado Manhães Junior, da 98ª Zona Eleitoral, determina ainda que o ex-governador Anthony Garotinho (PR) também fosse transferido, ainda na quarta, para um presídio do estado.

Alvos da Operação Caixa D’Água, deflagrada pela manhã, Rosinha foi transferida da Cadeia Feminina de Campos para a ala feminina da Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, o mesmo presídio onde está o seu marido Garotinho.

Cadeia Pública José Frederico Marques
Cadeia Pública José Frederico Marques

Nesse presídio estão os detentos relacionados às investigações da Operação Lava-Jato no Rio, entre eles o ex-governador Sérgio Cabral, e o presidente da Alerj, Jorge Picciani, ambos do PMDB.

As transferências da ex-prefeita e do seu marido tiveram seus motivos explicados na decisão abaixo.

Leia na íntegra

Decisão transferência G e R-2_Página_1-x Decisão transferência G e R-1_Página_2-x

Decisão transferência G e R-1_Página_2-x

NENHUM COMENTÁRIO