Profeta Garotinho dispara contra desafetos, familiares, mídia e autoridades

0
Profecia da Somos: Haja paciência até a próxima prisão

Com sangue nos olhos após 15 dias de reclusão, bastou Garotinho se livrar da prisão domiciliar por força de um Habeas Corpus, concedido pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral apenas para que aguarde em liberdade o julgamento do seu recurso, em 2ª Instância, da sentença que o condenou a 9 anos, 11 meses e 10 dias de reclusão por cometer crime eleitoral 17.515 vezes, associação criminosa, supressão de documento e coação de testemunhas da “Chequinho”, para o ex-co-prefeito de Campos sair disparando cegamente a sua tradicional metralhadora giratória contra as autoridades processuais, adversários, familiares, e até aliados, profetizando ilações como se estivesse acometido de uma “Síndrome de Nostradamus”, em um novo surto do antigo populismo messiânico da Lapa.

FEBEAPA na Lapa
FEBEAPA na Lapa

Entre outras pérolas, destacamos essas abaixo:

 Síndrome de Nostradamus

“Os que hoje são acusados, serão absolvidos. E os que acusam, serão presos.”

Profetizando em causa própria

“Este governo pode acabar a qualquer momento. Ou por via judicial ou por via policial.”

Atacando a própria família

“Não estou aqui para fazer crítica pessoal, mas, francamente, colocar como secretário de Trabalho o meu sobrinho, que nunca trabalhou…”

Viajando na maionese

“Botar para cuidar da assistência social a dona de um restaurante chique da cidade, que está acostumada, não com pessoas pobres, mas uma noite no restaurante dela não custa menos de R$ 2 mil, R$ 3 mil.”

Estimulando ataques nas redes sociais:

“Quero que vocês defendam a nossa prefeita. Com as mídias compradas, só nos resta as redes sociais.”

Disparando contra ex-aliados

“Tristes são os políticos que conseguem um mandato e não se elegem mais. Triste é ser um Sérgio Mendes da vida, triste é ser um Fernando Leite da vida, triste é ser um Pudim da vida. Se você está na política eleito e reeleito, está agradando ao povo. Ninguém é obrigado a votar.”

Novas promessas

“A eleição em Campos foi fraudada. Sei quem participou, quem financiou, quanto custou e vou falar essas coisas, mas nas instâncias certas.”

Previsão

Não é preciso ser adivinho e nem ter bola de cristal para prever o futuro de Garotinho diante do julgamento do recurso no TRE. Se perder, ele será imediatamente preso em regime fechado em um presídio, provavelmente, a Casa de Custódia de Campos, até um próximo esperneio. É fácil perceber que, diante das graves acusações e inúmeras provas, as probabilidades de que isso aconteça são enormes.

NENHUM COMENTÁRIO