Homem faz programa com cinco travestis, dá calote, e acaba na delegacia

0

Quando a gente acha que já viu de tudo, aparece cada uma!

Jockey Club Motel, palco para cena inusitada
Jockey Club Motel, palco para cena inusitada

Nessa segunda-feira, um homem de 36 anos, identificado pelas iniciais L.V.G.S., contratou dois travestis para fazer um programa no Jockey Club Motel, onde os três passaram duas horas em uma suíte, até o cliente pagar e dispensar a dupla de profissionais do sexo.

Não quis pagar

Aparentemente insatisfeito, o cliente solicitou que mais três travestis fossem atendê-lo, isso em torno das 10h da manhã. Segundo relatos, já à tarde, por volta de 18h, após cerca de oito horas de “muito amor e cerveja”, o cliente solicitou ao serviço de quarto do motel mais bebidas, sendo informado de que as normas da casa exigiam que ele pagasse 500 reais antes de continuar a consumir. Como ele se recusou a pagar, começaram os problemas, pois os travestis também quiseram receber os seus pagamentos por oito horas de “serviços”, conforme o combinado de 150 por hora, 1.200 para cada travesti, num total de 3.600 reais para o trio. Como o cliente também se recusou a pagar os “cachês”, os travestis chamaram a polícia.

Vestígios da orgia

Ao chegar ao local, a guarnição policial encontrou o cliente deitado na cama, a suíte toda revirada, paredes sujas, fezes no piso da suíte, e utensílios eróticos espalhados pelo chão.

Segundo os travestis, “Ele pediu um consolo porque disse que nós não tínhamos tamanho suficiente para saciar ele”.

Quando os policiais tentaram conduzir o cliente para a 134ª Delegacia de Polícia, ele ofereceu resistência e teve que ser contido para obedecer a ordem policial.

Terminou em pizza

Foto/Ilustrativa
Foto/Ilustrativa

Todos os envolvidos foram encaminhados à delegacia de polícia, os três travestis, o gerente do motel e o garçom, mas decidiram por não registrar a ocorrência. Dessa forma, o cliente foi liberado, mas ficou na delegacia até ter condições de ir embora. Não se sabe se por excesso de bebida ou por ter dificuldades para andar.

(Com informações do Site OZK)

NENHUM COMENTÁRIO