Davi Loureiro e Kellinho barrados pelo TRE com base na Lei da Ficha Limpa

0

Na quarta-feira, o vereador Kellinho (Pros), afastado pela Chequinho, e Davi Loureiro (PRP), coordenador da campanha eleitoral de Wladimir Garotinho no Norte Fluminense, tiveram as suas candidaturas barradas pelo plenário do Tribunal Regional Eleitoral, por terem sido considerados Fichas Sujas e inelegíveis pelos desembargadores.

Seguindo o líder

Kellinho e Davi Loureiro militantes da Facção Rosa, grupo político de Garotinho e Rosinha. A exemplo do seu líder Garotinho, também foram enquadrados na Lei da Ficha Limpa.

Kellinho e Davi Loureiro seguiram o líder Garotinho tropeçando na Lei da Ficha Limpa

Da turma da Chequinho

O vereador afastado Kellinho por ter sido condenado em 2ª instância no vergonhoso esquema de compra de votos com a utilização do programa social Cheque Cidadão nas eleições municipais de 2016.

 

Davi Loureiro, coordenador de campanha de Wladimir Garotinho no NF teve candidatura barrada pelo TRE

Coordenador de Wladimir

Já David Loureiro, coordenador da campanha eleitoral de Wladimir Garotinho no NF, foi considerado Ficha Suja por ter sido condenado em 2013 pela 15ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) por prática dolosa de improbidade administrativa e a perda dos direitos políticos por oito anos, por “ter nomeado servidoras fictícias para ocupar cargo de confiança, com o escuso intento de remunerar outro réu por um pretenso serviço de contador que lhe prestaria”.

NENHUM COMENTÁRIO